Rio 2016: Olimpíadas vão custar R$ 36,7 bilhões

O orçamento das Olimpíadas Rio 2016 está previsto, atualmente, em R$ 36,7 bilhões, sendo cerca de 60% recursos da iniciativa privada. Os números foram apresentados pelos governos municipal e estadual do Rio e federal.

A Matriz de Responsabilidades, que envolve projetos que não seriam feitos se não fosse as Olimpíadas, como os equipamentos esportivos, chegam a R$ 5,6 bilhões, sendo R$ 4,18 bilhões da iniciativa privada. Já os R$ 7 bilhões do custo operacional das Olimpíadas vem todo dos patrocinadores, para cobrir custos como hospedagem e alimentação dos atletas.

Somente de legado para a cidade, estão previstos investimentos de R$ 24,1 bilhões. No plano apresentado hoje, foram excluídos projetos já entregues, como os BRTs Transoeste, em funcionamento desde junho de 2012, e a Transcarioca, que fica pronto em 30 dias.

Londres 2012: Paralimpíadas termina com a melhor campanha do Brasil na história

As Paralimpíadas de Londres terminaram no domingo (09) e o Brasil fez sua melhor campanha na história dos Jogos. O país ficou em sétimo lugar no quadro geral de medalhas, com 43 conquistas, sendo 21 de ouro, 14 de prata e 8 de bronze.

O primeiro lugar do quadro geral de medalhas ficou com a China, que conquistou a impressionante marca de 231 medalhas.

A próxima edição das Paralimpíadas acontece no Rio de Janeiro, em 2016, de 5 a 21 de agosto.

Paralamas do Sucesso e Carlinhos Brown se apresentam em Cerimônia

Durante a cerimônia de passagem da bandeira paralímpica para a cidade do Rio de Janeiro, um show de oito minutos, que misturou dança e música, reuniu artistas brasileiros como Carlinhos Brown e a banda Paralamas do Sucesso, além da participação dos bailarinos brasileiros.

Rio 2016: Barbacena pode receber atletas de dois esportes para treinamento

Da Redação TV Barbacena

Foi lançado no dia 30 de julho, em Londres, o guia de locais de treinamento para os Jogos Olímpicos e Para-Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Barbacena está entre as mais de 70 cidades selecionadas e a Escola Preparatória de Cadetes do Ar, a EPCAR, é a instalação barbacenense que receberá as delegações. De acordo com o guia, a EPCAR poderá receber apenas equipes de esgrima e judô.

Veja a reportagem do TVBQ Notícias sobre o assunto:

Por favor, habilite o Javascript e Flash para assistir este vídeo Flash .

Comitês Olímpicos escolhem o local de treinamento

De acordo com Alethea Costa, da assessoria de imprensa das Olimpíadas de 2016, os esportes sugeridos para as instalações foram indicados pelos próprios locais, durante a seleção. Porém, os comitês olímpicos de cada país podem abrigar mais esportes além dos recomendados. Os comitês também são responsáveis pela escolha do local de treinamento, assim como acontece na Copa do Mundo.

Aeroporto de Barbacena fora

De acordo com o guia, o Aeroporto de Barbacena não foi disponibilizado para as delegações e o guia coloca o aeroporto mais próximo como o de Juiz de Fora, cidade que também foi selecionada pela organização dos Jogos Olímpicos.

O Jornalismo TV Barbacena entrou em contato com o Tenente Everton, responsável pelo projeto olímpico de Barbacena para saber mais sobre os esportes oferecidos e a questão do aeroporto de Barbacena, mas não obtivemos respostas até o fechamento da matéria.

Rio 2016: Barbacena e mais 72 cidades brasileiras podem receber delegações

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos (COJ) de 2016 divulgou hoje a relação de locais que podem receber delegações antes das Olimpíadas e Para-Olimpíadas do Rio de Janeiro. Ao todo, foram 173 locais de treinamento pré-jogos selecionados, em 73 cidades de 18 estados. Os locais selecionados podem ser vistos neste link.

Os locais foram avaliados em 2011 e foi levado em consideração as condições físicas e a estrutura das cidades, como disponibilidade de hotéis para as delegações e proximidade de aeroportos para os locais de treinos, por exemplo.

Segundo a Agência Brasil, das 172 instalações selecionadas, 150 estão prontas (algumas com necessidades de reforma), 14 estão em obra e oito ainda serão construídas. 98 são instalações públicas e 74, privadas. A partir de agora, segundo o COJ, caberá a cada local negociar diretamente com os Comitês Olímpicos de cada país os termos de uso dos locais pelas delegações estrangeiras. O processo é o mesmo do Centro de Treinamento de Seleção (CTS) da Copa do Mundo.

Barbacena selecionada

Entre as 73 cidades selecionadas, está Barbacena. Veja mais sobre a seleção de Barbacena e outras cidades de Minas Gerais no Plantão De Hora Em Hora:

http://www.dailymotion.com/video/xnza42

Locais selecionados

Veja abaixo, no mapa feito pelo COJ, a distribuição de locais que podem receber delegações:

mapa-coj

Rio 2016: RJ inaugura a 1ª obra para as Olimpíadas

A primeira obra para as Olimpíadas do Rio, que acontecem apenas em 2016, foi entregue no sábado (06). O Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, será um local de convivência, de concentração e de meditação para os atletas. Ele está localizado em frente ao local onde será erguida a Vila Olímpica.

O Parque possui 123 mil metros quadrados. A infraestrutura foi montada em oito meses e custou R$ 44 milhões, segundo a secretaria municipal de Obras do Rio de Janeiro.

O espaço será usado pela primeira vez em setembro, na abertura do Rock in Rio.

Olimpíadas: Rio é a sede de 2016

Festa em Copacabana no momento do anúncio. Foto: Reprodução/CNN

Festa em Copacabana no momento do anúncio. Foto: Reprodução/CNN

Depois de 3 tentativas frustradas, o Brasil sediará uma edição dos Jogos Olímpicos de Verão. Em votação de 66 x 32 nesta sexta-feira, em Copenhague, na Dinamarca, os membros do COI (Comitê Olímpico Internacional) foram convencidos pela candidatura do Rio de Janeiro e deram ao país tropical a chance inédita de trazer uma Olimpíada à América do Sul.

Em uma eleição marcada pela presença e lobby de chefes de Estado, políticos e atletas, o   Rio 2016 superou fortes e experientes concorrentes como Chicago, Tóquio e Madri. Os primeiros eliminados foram Chicago e Tóquio, com o menor número de votos entre os membros do comitê. A final ficou então entre a cidade brasileira e a capital espanhola.

Os pontos fortes da campanha brasileira foram o orçamento bem maior que o das outras candidatas (US$ 14 bilhões contra US$ 4,82 bi de Chicago, US$ 6,13 bi de Madri e US$ 6,42 bi de Tóquio), a reutilização das 19 arenas do Jogos Pan-Americanos 2007 e a promessa de construir mais 11 ginásios e outras quatro arenas temporárias fazem o Rio despontar entre as preferidas pela comissão avaliadora do COI.

Presidente do COI anuncia Rio como cidade-sede das Olimpíadas. Foto: COI

Presidente do COI anuncia Rio como cidade-sede das Olimpíadas. Foto: COI

Entre outros argumentos positivos da quarta candidatura brasileira esteve o fato de o COI nunca ter escolhido como sede dos Jogos Olímpicos uma cidade no continente sul-americano.
A infraestrutura já existente deixada pelos Jogos Pan-Americanos de 2007, o grande apoio popular e as atrações turísticas e culturais da “Cidade Maravilhosa” também foram cruciais na hora dos membros do COI optar pela vencedora.

Gastos

O projeto apresentado pelo Rio é o mais caro entre os quatro finalistas. Ele prevê o gasto de US$ 14,42 bilhões na organização da Olimpíada. Chicago projetava orçamento de US$ 4,82 bilhões; Madri, de US$ 6,13 bilhões; e Tóquio, de US$ 6,8 bilhões.

Só na fase de candidatura, encerrada com a eleição desta sexta, já foram gastos R$ 138 milhões. O dinheiro veio de recursos do município, do governo, da União e da iniciativa privada.

O plano da Olimpíada brasileira é aproveitar 19 das arenas que foram levantadas para os Jogos Pan-Americanos de 2007. Outros 11 ginásios serão construídos, além de quatro locais temporários de competição.

Assim como o comitê que organizou o Pan, o projeto da Olimpíada também é encabeçado pelo presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman.

Apoios

A exemplo de outros chefes de Estado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi presente em toda a movimentação da campanha brasileira, além do governador Sérgio Cabrale e do prefeito Eduardo Paes. Lula chegou na quinta-feira à capital dinamarquesa e se juntou a diversas personalidades do esporte nacional como Pelé, César Cielo, Hortência, Janeth e o para-atleta Daniel Dias.

Bandeira com os dizeres Rio Loves You (Rio Ama Você) aberta em Copacabana. Foto: Reprodução CNN

Bandeira com os dizeres Rio Loves You (Rio Ama Você) aberta em Copacabana. Foto: Reprodução CNN

Moradores de Chicago apoiam Rio 2016 em site

Moradores de Chicago que são contra a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 na cidade lançaram um site em que fazem campanha pela escolha do Rio de Janeiro, o “Chicagoans for Rio” (http://www.chicagoansforrio.com).

Os visitantes da páginasão recebidos com a seguinte mensagem: “Seria interessante sediar a Olimpíada aqui em Chicago. Mas sabe o que seria ainda melhor? Rio de Janeiro. Deixem o Rio sediar a Olimpíada de 2016. Não não nos importamos. Honestamente”.

A cidade-sede dos Jogos de 2016 será escolhida no dia 2 de outubro, em Copenhague, na Dinamarca. Além de Rio e Chicago, também estão na disputa Tóquio e Madri. Você acompanha toda a escolha aqui no mynextzone.com.